Bem vindo ao site do OMIClear

Lista de op��es do site

RSS

Selec��o de idiomas

 Português (Portugal) Español (España) English (United Kingdom)               

Acesso � �rea reservada

The Iberian Energy Clearing House

Entradas para outros sites

OMEL

 

   Minimizar

A gestão do mercado ibérico spot de electricidade é da competência do Operador del Mercado Ibérico de Energía - Polo Español, S.A., sediado em Madrid, que iniciou as suas actividades em 1998.


No mercado spot de electricidade realizam-se as transacções, com entrega física, decorrentes da participação dos agentes nas sessões do mercado diário e do mercado intradiário que agregam, numa lógica de market splitting, as zonas espanhola e portuguesa do MIBEL.


A negociação no mercado diário efectua-se com base num leilão diário, com liquidação da energia em todas as horas do dia seguinte. Forma-se, assim, um preço único para Espanha e outro para Portugal, para cada hora do dia seguinte. Estes preços podem ser distintos, nomeadamente quando, para uma dada hora, a interligação está congestionada, i.e. não é suficiente para assegurar todos os trânsitos de electricidade entre as duas regiões.


Complementarmente, existem várias sessões do mercado intradiário, subsequentes ao leilão do mercado diário, em que é possível aos agentes transaccionar energia eléctrica para as várias horas do dia coberto por aquele mercado. O modo de negociação é, igualmente, por leilão.


A liquidação financeira das operações ocorre numa base semanal, subsequente à entrega da electricidade, havendo lugar à prestação de garantias.


Podem ser agentes do mercado spot os produtores, auto-produtores, agentes externos (estatuto das entidades não residentes), comercializadores, representantes e consumidores qualificados. Com a entrada em vigor do Acordo Internacional assinado em Santiago de Compostela, a 1 de Outubro de 2004, as entidades autorizadas em Portugal, passaram a poder actuar no mercado spot beneficiando de um reconhecimento automático, deixando de ser consideradas agentes externos.



Para obter informações adicionais, recomenda-se a consulta do sítio do OMIE